Home CNH Simples Bolsonaro entrega projeto de lei para novas regras da CNH na Câmara

Bolsonaro entrega projeto de lei para novas regras da CNH na Câmara

by admin

Comprar CNH é com o CNH Simples

Logo Cnh Min






Alan Santos/PRPresidente apresentou nesta quarta-feira (4) projeto que muda regras na carteira de motorista

Ao lado dos ministros de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, e da Casa Civil, Onyx Lorenzonio, o presidente Jair Bolsonaro entregou nesta terça-feira (4) o projeto de lei para a alteração das regras da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na Câmara. A proposta foi entregue em mãos a Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, e líderes partidários.

O projeto dobra o número de pontos para a suspensão da carteira de motorista de 20 para 40 e também duplica a validade do documento, passando para dez anos. “A proposta é simples e atinge a todos os brasileiros”, afirmou Bolsonaro.

“Em parte esse projeto veio de ideias do próprio presidente da Câmara, e passamos de 5 para 10 anos a validade da carteira de motorista; de 20 para 40 o número de pontos para perder a carteira. E, entre outras coisas, nós também tiramos do Detran a exclusividade das clínicas para emitir o atestado de saúde, qualquer médico pode conceder [o atestado]”, disse o presidente.

Tarcísio Freitas destacou a importância da modernização das leis e do processo de emissão do documento.

“Estamos desburocratizando, seguindo uma determinação do presidente, a ideia é tornar a vida do cidadão mais fácil. Há uma pegada de inovação digital no projeto, a ideia é transformar todos os documentos em digitais, cidadão, motorista, vai poder andar com a CNH no celular. Todas essas informações serão centralizadas no Denatran”, explicou.

Sobre a alteração dos pontos na carteira, o ministro esclareceu que será fundamental para que os cidadãos não percam o direito de dirigir por atingir rapidamente o limite máximo de pontuação.

“O código já é antigo, tem mais de 20 anos, é necessário uma atualização. 2/3 das penalidades do Código Brasileiro de Trânsito são graves ou gravíssimas, então acaba sendo muito fácil o cidadão perder a carteira por atingir a pontuação. Isso tem se mostrado ineficaz porque o Detran não consegue operacionalizar os processos para suspensão do direito de dirigir.”

Freitas também explicou que aumentar a validade do exame médico da CNH tem relação direta com as atuais condições de vida do país.

“A expectativa de vida e a saúde melhoraram. O cidadão irá poder fazer esse exame em qualquer clínica, no SUS, plano de saúde, estamos tirando a exclusividade do Detran. Estamos aproveitando ideias do próprio parlamento.”

Outros destaques

O projeto de lei também dá poderes ao Contran de uniformizar a interpretação e os procedimentos quanto à legislação de trânsito e determina a competência para o Denatran centralizar documentos eletrônicos de trânsito. Além disso, acaba com a exclusividade dos Detrans de credenciar clínicas médicas para o exame obrigatório.

A proposta tem que ser analisada pelas comissões da Câmara e depois ser votada por deputados e senadores. Após aprovada e sancionada, a proposta obriga os novos veículos terem luz de rodagem diurna, sem nenhuma aplicação para veículos em circulação.

Os veículos hoje em circulação continuam obrigados a manter luz baixa acesa em rodovia, mas com duas diferenças. A primeira é que deixa de haver multa (apesar de continuar o acréscimo de pontos). A segunda é que a exigência agora é só para rodovia de faixa simples.

A prorrogação da validade das carteiras de habilitação de cinco para dez anos vale para as carteiras de pessoas até os 65 anos. No caso de idosos, passa de dois anos e meio para cinco anos. A proposta também acaba com a exigência de exame toxicológico para motoristas profissionais.

*Com Estadão Conteúdo








COMPRAR CNH RÁPIDO E FÁCIL

Comprar CNH é fácil e rápido. Fale agora mesmo com um de nossos representantes e receba sua habilitação em até 7 dias úteis.

Você precisa comprar habilitação?



Publicidade

Tabesa Cdd Brasil




Fonte:

Whats

You may also like